sábado, 14 de agosto de 2010

Para desenvenenar cães e gatos queridos.

O PRIMEIRO DIA:
O tempo urge, portanto, serei curto. Inicialmente, o seu animal estará agitado e gemendo agudo, agonizando, rodando sobre o próprio corpo, sintoma de que foi envenenado por "chumbinho". Não se apavore, dê um rápido banho nele e, logo em seguida, seque-o bem, faça-o engolir dois ovos crus e introduza, repetidas vezes, seringas (sem agulha, é lógico!) de água morna (nem fria nem muito quente) em sua garganta, até que lhe seja provocado um vômito abundante, depois lhe dê uma colher grande de água oxigenada para diminuir o excesso de baba, e quarenta gotas de ATROVERAN COMPOSTO também na seringa (para amenizar a dor no estômago), envolva-o em várias toalhas e vá encomendar o principal no Petshop mais próximo, que são:
1 - ENTEREX
2 - ELETROLÍTICO PET
3 - ANTITÓXICO SM LIPOTRÓPICO
4 - SERINGA de 5ml
Juntos, estes três remédios não passarão de R$18,00 a R$20,00, e salvarão o seu bichano.


Seu animal dará indícios de que está morrendo a todo momento, pois estará fraco, sem coordenação motora, sem comer, babando incessantemente, sem beber água e, às vezes, remelando os olhos (limpe-os com soro fisiológico), olhando pra você como quem estivesse se despedindo, mas a sobrevivência do seu amigo de estimação depende de você.


Não insista em dar comida, ele a rejeitará por uns dias, assim como não terá forças para andar até o pote de água, entretanto, às vezes mudará de lugar para aliviar sua confusão mental e perda temporária da visão, efeitos do veneno, e é imprescindível não ligar televisão nem som (principalmente altos) perto do animal pelo menos por 6h a partir do momento em que ele foi envenenado, pois sua audição fica superaguçada e o barulho o atormentará, deixando-o em um pânico apático de quem não pode se mexer. Ponha um pano seco no chão (no local onde ele mais tem afinidade, de prefêrencia ventilado, pois o maldito chumbinho leva a perda de oxigenação), coloque-o em cima e cubra-o com dois panos grossos, para baixar a hipotermia e, bem aquecido, ele parar de tremer, faça também uma massagem circular no coração dele, apertanto os dedos de vez em quando, durante 5 minutos, ou até mais se for necessário.

Voltando do Petshop, em um copo largo, dissolva o ENTEREX (carvão vegetal ativado) em 40ml de água (3 dedos magros) e misture bastante. Encha uma seringa de 5ml com esta substância preta e densa, e introduza na garganta do animal, repetindo este processo de 8 em 8h, até terminar o remédio. Passando 2h da aplicação do ENTEREX, você misturará, em outro copo largo, 40 gotas do ANTITÓXICO SM LIPOTRÓPICO em 50ml de água potável e fará duas aplicações de 6 em 6h na garganta do animal com a seringa de 5ml, e o ELETROLÍTICO PET é um suplemento mineral para alimentação animal, é puro soro, que você deve misturar em 250ml (metade do pote de Qualy) e dar numa seringa maior de meia em meia hora, pois será só disso que ele estará se alimentando, enquanto não retomar sua vida normal.

Detalhe: é importante segurar a cabeça do animal enquanto administrar qualquer remédio na seringa, para que o líquido não vá para os pulmões, causando uma futura pneumonia, e seque-o acaso o procedimento tenha o molhado. É recomendável não dar o soro nas 2h que seguem entre a aplicação do ENTEREX e do ANTITÓXICO SM LIPOTRÓPICO, pois o animal o vomitará; meia hora após a aplicação do ANTITÓXICO SM LIPOTRÓPICO, você pode administrar o soro de meia em meia hora. É muito importante aplicar os três remédios durante três dias.
Repetindo: Você dá o ENTEREX, duas horas depois aplica o ANTITÓXICO SM LIPOTRÓPICO, e administra o soro de meia em meia hora após esse procedimento.

O SEGUNDO DIA:
O animal vomitará muito, em geral um líquido amarelado, que é o antitóxico eliminando as toxinas que o afetaram, e também ocorrerá diarréias. Fique atento a limpeza do bicho com um pano molhado. É através da urina, das fezes e dos vômitos que ele estará expelindo o quê tanto o deixou mal, portanto, outra vez aconselho: não deixe de dar-lhe bastante soro.

O TERCEIRO DIA:
Quando ele apresentar a primeira melhora, na sua mão (do dono), ponha um pouco de ração amolecida quinze minutos em leite quente, e vá alimentando-o sempre que puder, e até ele enjoar e rejeitar a absorção de sólidos, mas não deixe de dar o soro sempre, que é extremamente fundamental pra sua recuperação, assim como o carinho que você deve fazer no bichano, demonstrando a ele que não quer que ele se vá, e incentivando-o a lutar pela vida. Observação: Se a ração passar muito tempo no leite, ela fermentará e intoxicará mais o seu animal, que já estará debilitado, por isso, use pouca ração e pouco leite, já que você terá dificuldade de fazê-lo comer mais.

O QUARTO DIA:
Eu tenho uma poddle, animal de pequeno porte, portanto é recomendável ler a bula de cada remédio para não haver equívocos, pois para cada peso é uma dosagem. Caiana é uma cadela de treze anos, quase sem dentes, e foi envenenada no dia 31 de julho, às 19h, e no dia 04 de agosto já estava serelepe como sempre, deitando sobre os meus pés quando estou no computador. Ela dorme no meu quarto, num travesseiro forrado com um casaco de malha velho e duas bermudas rasgadas, do lado de sua água e do pote de ração, e vê-la de volta ao seu ritmo normal, me fez sentir algo que eu nunca havia sentido, pois fui capaz de salvar uma vida, sem ajuda dos tantos veterinários ambiciosos e calhordas, que fazem juramentos e cobram os olhos da cara, de R$100 a R$150 ou mais. Eu a salvei apenas com a indicação de um ou outro balconista atencioso de Petshops, com a experiência inspiradora da minha tia Bida (que me aconselhou a não desistir dela), com a paciência da minha mãe, que foi incansavelmente à rua buscar os remédios, e com minha total dedicação. Em outubro, ela fará 14 anos, e de presente vai ganhar uma tosa antecipada nesta quarta-feira, no PET RABICHO (24263095), na Avenida Comandante Guaranys, 20, loja A, Cidade de Deus, próximo ao nº 2697 da Estrada dos Bandeirantes, no sentido Curicica/Taquara, em Jacarepaguá, onde o Rodrigo (seu personal pet) sempre dá um trato responsa no pelo dela, deixando lindinha e cheirosa, a minha velhinha.


Equinos, bovinos, caprinos e suínos envenenados podem ser tratados com o mesmo procedimento, porém, com doses cavalares administradas por veterinários que não pensem em enriquecer às custas do sofrimento do animal e de seu dono.

tom.maria@hotmail.com

Boa sorte a todos!

26 comentários:

  1. Eu amei essas ajudas, me foi muito necessário. Pois tenho um gato(fêmea) que foi envenenada eese site foi perfeito para esclarecer minhas dúvidas. Ela está grávida, será que isso pode prejudicar o nascimento dos filhotes?
    e-mail de orkut: nathalia.nati.11@hotmail.com
    Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostaria de saber se a gata e os filhotes sobreviveram.

      Excluir
  2. Legal você compartilhar esses conhecimentos pq infelizmwntwe os veterinários não sabem de nada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sabe sim porque a minha cachorra quazi morreu seu burro

      Excluir
  3. Valeu cara, esta me ajudando a desvenenar minha cachorrinha, obrigado mesmo.

    ResponderExcluir
  4. muito obrigada, ajudou e muito a salvar minha gatinha!!!

    ResponderExcluir
  5. Minha gatinha foi envenenada hoje,e estou fazendo estes procedimentos,volto a comentar quando ela estiver melhor.
    Agradeço desde já,muito obrigada mesmo.

    ResponderExcluir
  6. Estes procedimentos são otimos e já apliquei o enterex e tenho o soro, mas ainda falta o antitóxico. Espero que o gatinho suporte até amanhã. Mas fique sabendo que vc tem ajudado a salvar um bichinho lindo!! Obrigada!

    ResponderExcluir
  7. Muito louvável a sua iniciativa de divulgar esses conhecimentos, uma pena que nem todas as pessoas pensam da mesma maneira; que o mais importante é a vida em jogo e nao o dinheiro.. como será que se sente um veterinario que recusa tratamento a quem nao pode pagar ? ....

    ResponderExcluir
  8. Parabéns!!!

    Muito boa essas informações.

    ResponderExcluir
  9. quanto tempo leva pra fazer efeito os venenos?
    acho q meu cachorro ta envenenado + ate agora ele não deu nenhum sinal, ja que minha mae soltou ele hoje de manhe so a tarde fiquei sabendo q botaram veneno na rua

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os sinais do envenenamento são aqueles descritos no texto acima, não tem como ele (o animal) esconder que está afetado. Outros sintomas podem ser de intoxicação alimentar, muito comum quando eles, ou até mesmo nós, comemos alimentos estragados.

      Excluir
  10. Lamentável sua colocação sobre os Med. Veterinários, não pode, não cria!
    Seja boazinha também, reduza seu salario em 50%.

    NÃO MEDIQUE SEU ANIMAL SEM ORIENTAÇÃO VETERINÁRIA, NÃO ESTUDAMOS 5 ANOS PARA MANDAR QUEBRAR DOIS OVOS NA BOCA DO SEU CACHORRO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Veterinarios como tu deviam estar na rua! graças a gentinha como tu, ambiciosos quase perdi o meu labrador de 4 meses, se não o perder ainda, pois só passam 3 dias do envenenamento

      Excluir
    2. Salvou seu labrador? Seria interessante voltar ao blog para declarar se salvou ou não o seu bichinho. E não ligue para opinião de veterinários que estudam cinco anos para lhe negar apoio quando você não tem dinheiro imediato para pagar. Obrigado!

      Excluir
  11. Vocês estudam 5 anos apenas por $$$$$ e não por amar animais, do contrario colocariam SIM dicas de remedios para quem não tem condições de pagar 50,00 a 80,00 somente para vocês aplicarem o remédio!!!!!!!!!!!!!
    Obrigada a quem fez esse blog pois ajuda realmente a salvar vidas dos nossos queridos animais!

    ResponderExcluir
  12. Medicar não é uma receita de bolo, cada caso é um caso!
    tenho pena dos seus animais, quando vc não se sentir bem procure o google, faça como vc faz com seu animal.

    ResponderExcluir
  13. Sou o criador do blog, e não tenho intenção de criar polêmicas, assim como não busquei no google a solução para o meu problema, a história foi narrada sem o sofrimento que eu senti enquanto vivi aquele drama, e foram citadas de quem e como obtive ajuda, apoio e informação. Medicar sem conhecimento é realmente perigoso, mas, diante do desespero e da "regra money-quickly" dos veterinários que contactei, me valeu ter balconistas de pet-shop que, sem diploma, foram mais eficientes em suas informações do que as figuras de jaleco branco que se recusaram a me assistir por telefone, que poderiam me dar indicações preciosas para os primeiros momentos de agonia, minha e da cachorra que sobreviveu. Não sou médico veterinário, mas agradeço a quem me agradeceu fornecer informações para salvar o seu bichano, e como há muito tempo não entro no blog, gostaria de saber se a cachorrinha prenha e seus filhotes vingaram. E ao defensor dos veterinários que a mim se contrapõe, quero lembrar que, pelos comentários, você deve ter observado que a minha receita de bolo dá certo. Quer um conselho? Vá comer dois ovos crus pra te desenvenenar!

    ResponderExcluir
  14. E vai ouvir Bando de Doido
    http://www.myspace.com/bandodedoido
    ou leia, que faz bem.
    http://cenadetvcine.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Meu novo e-mail é gilsonsaraivaalves_jequiti@hotmail.com

    ResponderExcluir
  16. Gostaria tbm de saber do Anônimo do dia 25 de novembro de 2012 se sua gatinha melhorou.

    ResponderExcluir
  17. Gente eu acabei de perder um amiguinho envenenado o meu gatinho Harry siames de 6 meses não vi a tempo de salva-lo por que não notei os sinais de envenenamento! quero saber se o antitóxico, salva mesmo estando vencido!

    ResponderExcluir
  18. Valéria, não sei te responder, mas, em última instância, eu arriscaria usá-lo.

    ResponderExcluir
  19. Muito boas as suas dicas, tenho uma poodle e ela ficou envenenada com o carrapaticida que era muito forte, pensei que ela fosse morrer, ficou muito mal... Consegui salvá-la com as suas dicas, faz três dias que estou seguindo o que você disse e ela já está bem... Voltou a comer, a latir, a brincar, enfim, você me ajudou muito nesse processo! Muito obrigada e parabéns pela iniciativa!

    ResponderExcluir